A máfia da blogosfera
07
Set 09
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 19:21link do post
Escreve o Luís M. Jorge, num texto que desconfio irónico ou inacabado, que o eleitor racional vota em Sócrates. Para isso elenca uma série de coisas certamente consideradas boas por alguns que este governo trouxe. São muitas: a avaliação de professores, que parece ser melhor má que inexistente; os Magalhães subsidiados, a JP Sá Couto acha esta muito «racional»; o défice «controlado» à custa da receita e sem qualquer reforma da Administração Pública; o aumento das prestações sociais; e, ainda, a Obras Públicas que sejam boas ou más são boas – há cada raciocínio. Não sei se o texto serve para por a nu a triste argumentação da maioria, mas se não for, Luís, falta aí um pouco de racionalismo.

Oi Tiago,

Ia pedir um favor. Gostava de saber a tua opinião sobre esta noticia:

"Manuela Ferreira Leite usou hoje um carro do Governo Regional da Madeira, pertença do Estado Português, para fazer campanha eleitoral no Funchal. A líder do PSD fez várias deslocações na viatura oficial, ao lado de Alberto João Jardim, numa visita à ilha que foi sempre apresentada com uma acção da campanha eleitoral do PSD.

Confrontada com o facto de participar numa inauguração, quando critica a utilização de dinheiros públicos para fazer campanha, Ferreira Leite respondeu “Aqui fazer uma inauguração não gasta dinheiro. Tenho de me envergonhar por haver uma inauguração?”.

Manuela Ferreira Leite afirmou também que não encontra “asfixia democrática” na Madeira. A presidente do PSD justifica que “aqui quem legitima o poder é o voto do povo”. “Não está aqui ninguém por imposição, está aqui alguém em resultado dos votos”, frisou.

E o primeiro-ministro “não está legitimado pelos votos”?, questionaram os jornalistas. “Também é assim. É evidente que não estou a pôr em causa a legitimidade da legislatura do engenheiro José Sócrates”, reconheceu Ferreira Leite. A líder social-democrata insiste que “há asfixia democrática no continente” porque, diz, ela própria tem “sentido esses aspectos: todos os jornalistas, todos os empresários, muitas pessoas da sociedade civil percebem que estão sob algum tipo de retaliação, estão sob algum tipo de chantagem em relação aquilo que é susceptível de fazer caso ousem criticar o governo”."
João Cardiga a 7 de Setembro de 2009 às 20:59

A notícia não era verdadeira. Devias ler a corrigida.

Quando a li ia escrever no CF sobre o assunto.

Qual é a parte que achaste que eu relevei mais? ;)

P.S. Depois de responderes faço um comentário mais longo.
João Cardiga a 8 de Setembro de 2009 às 18:53

Oi Tiago,

"Devias ler a corrigida."

A corrigida não corrige a parte que para mim é mais importante. Além de que levanta uma questão:

- Os principios medem-se em metros?
João Cardiga a 9 de Setembro de 2009 às 16:38

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar