A máfia da blogosfera
06
Ago 09
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 18:32link do post | comentar

 

E aqui, em representação da minha outra casa, junto do João Villalobos fui falar um pedaço com Francisco Louçã. Hands still shaking.


Metendo a colherada, eu diria que é uma gestão que não tem como linha orientadora a sustentabilidade da empresa. Não faltaram gestões danosas por aí fora nos ultimos 20 anos.
Com os incentivos errados, os gestores preocuparam-se mais em garantir resultados de curto prazo, e bónus chorudos, com medidas fáceis mas que a prazo se revelam ruinosas.

O Stran parece no entanto estar a descrever algo mais parecido com as externalidades de um negócio, ou os danos causados por operadores incompetentes e gananciosos. Ou seja, por exemplo, imaginemos que eu num mundo liberal abria um hospital e, como não percebo nada de medicina, eventualmente teria que fechar portas. Mas pelo meio deixava uma série de vitimas de más práticas. Mortos, estropiados, cegos...
Isto se não houver uma entidade reguladora que impeça qualquer marmelo de abrir hospitais, fazer pontes, produzir bebidas, de qualquer modo e sem regulação...


l.Rodrigues,

"O Stran parece no entanto estar a descrever algo mais parecido com as externalidades de um negócio, ou os danos causados por operadores incompetentes e gananciosos."

Na mouche! Obrigado pela "colherzada", externalidades era mesmo a palavra que andava à procura!

Stran a 7 de Agosto de 2009 às 17:22

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar