A máfia da blogosfera
29
Jul 09
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 12:04link do post

Que ela não batia bem já eu sabia. Ela nunca me enganou. Uma mulher daquela idade a ir-me para as discotecas como se tivesse vinte anos, com aqueles penteados, aquelas pinturas na cara, e tudo, e tudo, e tudo, só me deixava mais com a pulga atrás da orelha. Agora também vos digo, nunca imaginei que fosse fazer uma coisa destas. Com franqueza. Uma senhora com filhos, que aparece nos programas da manhã a dizer-me como vai ser o meu dia (às vezes acerta, a bruxa!), aparecer toda descascada, Deus me perdoe, numa revista para a rapaziada não é correcto. A dona Maya devia ter mais cuidado com a vida dela, porque isto não é maneira de se andar. Olhem se eu, Clotilde Adolfo Ernesto, me fosse meter a tirar fotografias toda despida. Nem o meu Adolfo me voltava a botar a vista em cima. E o que iam dizer os vizinhos e os amigos do meu mais novo… Nem quero pensar. Isto já não é nada como antigamente. É o que eu estou farta de dizer: faz cá falta um Salazar, para meter isto tudo na ordem.
 
Clotilde Ernesto

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar