A máfia da blogosfera
17
Mai 09
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 12:57link do post | comentar

O Festival da Canção moscovita foi mau de mais. A canção vencedora, de um elfo norueguês que desafinava, é ridícula. Curiosamente teve mais de cem pontos de diferença em relação à segunda. Bons tempos aqueles em que as músicas do Festival eram classificadas por juízes e não através de voto telefónico que acaba por ir parar sempre à canção do país vizinho. Vergonhoso foi também o facto de a música georgiana ter sido censurada, devido às pressões das autoridades russas, por o seu título ser "We don't wanna put in", que podia ser interpretado como uma mensagem política contra Vladimir Putin. Enfim, foi tudo para esquecer.

Tag:

Deixe lá que não perdeu grande coisa. Nem a canção portuguesa se safou, cantaram melhor cá do que lá.

O ponto de interrogação é realmente feio, mas quando não há alternativa lá o uso. Não posso deixar que as minhas considerações estéticas sobre pontuação levem quem me lê a chamar-me maluco, não é? (ahah)

Tiago duas duvidas:

- não achas que na Europa cada vez mais há uma maior aceitação da censura?

- qual é a tua relação com os pontos de interrogação? (desculpa mas fiquei curioso)
Stran a 17 de Maio de 2009 às 22:21

Na Europa a censura não é aceite, no sentido em que não a vemos sem lhe dar importância. O problema é que não podemos fazer nada.

Os pontos de interrogação são feios, muito feios. É uma brincadeira por causa de um texto que escrevi há uns tempos : D

Só por ser "invisivel" não significa que não exista. Não achas estranho que não tenha vindo a publico nenhuma noticia sobre o que se está a passar na Turquia? ou um outro bom exemplo passado de censura à europeia foi o animal farm do orwell...

Epá eu adoro pontos de interrogação!!! São a criacção mais fantastica do ser humano, foi com eles que evoluimos, que desejamos ser mais, que no fundo realmente vivemos ;)
Stran a 18 de Maio de 2009 às 02:13

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar