A máfia da blogosfera
30
Abr 09
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 15:31link do post

Sssht! Calem-se!, era o que eu dizia às pessoas que pareciam não saber onde estavam quando começavam a conversar e a rir alto, qual pagode, enquanto tentava ouvir e observar o Felizmente há Luar! em toda a sua plenitude. Que a peça é excelente, tanto quanto o seu pai Luís de Sttau Monteiro, é, mas sem interpretação não passa de um amontoado de palavras num papel que antes estava em branco. Foi magnífico. A Matilde, aquela que a seguir ao Gomes Freire que nunca aparece é a personagem da peça, foi interpretada pela Maria do Céu Guerra, uma das grandes senhoras da nossa praça. Enfim, tremi, lacrimejei, revoltei-me, que diabo!, senti pena e ri, soltei até uma ou duas gargalhadas indisfarçáveis. E, mais do que tudo isso, que o bom velho Luís queria isso mas não só, pensei. Pensei em cada frase. No Manuel, aquele lúcido plebeu que se via de asas cortadas, na pobre Matilde, na história que poderia ser contada hoje, tirasse-se a fogueira e a forca, e em tudo. Fixei frases, que mudadas ou estáticas me ressoarão na cabeça sempre que vierem a propósito
 

«Ensina-se-lhes que sejam valentes, para um dia virem a ser julgados por covardes! Ensina-se-lhes que sejam justos, para viverem num mundo em que reina a injustiça!
Ensina-se-lhes que sejam leais, para que a lealdade, um dia, os leve à forca!
Não seria mais humano, mais honesto, ensiná-los, de pequeninos, a viverem em paz com a hipocrisia do mundo?
Quem é mais feliz: o que luta por uma vida digna e acaba na forca, ou o que vive em paz com a sua inconsciência e acaba respeitado por todos?» (Matilde)
 
«Numa terra [a nossa terra] onde se cortam as árvores para que não façam sombra aos arbustos...» (Matilde)
 
«Se há guerra, se temos o inimigo à porta - Aqui d'el-rei que a terra é de todos e todos a temos que defender, mas, batido o inimigo, chegada a época das colheitas, quando se trata de comer os frutos da tal terra que é de todos, então não! Então a terra já é só deles!» (Manuel)

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar