A máfia da blogosfera
29
Abr 09
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 17:26link do post

Há pouco ouvi na televisão, o canal não me perguntem, um indivíduo americano a questionar-se sobre o porquê de escrever um blogue.

A pergunta deixou-me a pensar. Principalmente por causa dos argumentos que o tipo apresentava: porque não ir ao cinema ou ler um jornal ou um livro em vez de publicar delírios numa periodicidade quase diária? E enquanto pensava isto, pensei: e se todos pensássemos assim. Imaginemos que todos preferiríamos consumir a produção alheia em vez de produzirmos nós mesmos algo, seja bom ou mau. Não haveria nada. Não haveria jornais, para quê publicar um jornal?, não haveria livros, para quê escrever um livro?, não haveria arte, para quê pintar um quadro?, e tudo o que nos faz ser aquilo que somos deixaria de existir e passaríamos a ser o que não somos.

Escrever um blogue dá trabalho, é verdade. A falta de assunto que tantas vezes atormenta o juízo dos free-lancers como eu, a falta de conhecimento sobre determinadas coisas que faz com que textos nossos sobre isso sejam simples parvoíces, a falta de informação recolhida, que faz com que meio mundo fique à porta do blogue que queremos bom. Dá trabalho. Mas ao menos dá-nos, pelo menos a mim dá-me, a satisfação de saber que posso discutir as minhas ideias, colocá-las à prova e contribuir, pelo menos de alguma forma, para que haja ainda humanidade por estas bandas.

Fôssemos todos como o senhor que ouvi há pouco na televisão, num canal que mais vale não me perguntarem, e o mundo tornar-se-ia um lugar ainda mais estranho.


De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar