A máfia da blogosfera
02
Nov 08
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 20:53link do post
No Portugal Contemporâneo está uma sondagem a decorrer para eleger o melhor blogger nacional de 2008. Concordo com muitos nomes que lá estão, também é certo que tiraria muitos, mas penso que os seguintes fazem lá falta.

Pedro Correia. É um dos meus bloggers favoritos, senão mesmo o meu blogger favorito. Escreve regularmente no Corta-fitas e a sua mente aberta e o seu desprendimento partidário permitem um comentário lúcido às questões mais importantes. É quase pecado não o ter numa sondagem como esta.

Tiago Barbosa Ribeiro. Escrevia no Kontratempos e agora mudou-se para o País Relativo. Discordo de muitos dos princípios dele, principalmente da sua definição de "social-democracia" (segundo ele a minha definição parece tirada de um livro de História do século passado, escrito pelo Bernstein). Tenho também pena que defenda cegamente algumas decisões socialistas, mas a sua qualidade enquanto blogger, a sua capacidade argumentativa e a beleza da prosa são inquestionáveis.

Pedro Sales. Escrevia no Zero de Conduta e mudou-se para o (neo)Arrastão. É assumidamente de esquerda, mesmo muito. Discordo de muitas das suas posições, no entanto é coerente no discurso e faz uma coisa louvável: uma pesquisa imensa sobre os assuntos. É para mim impressionante a quantidade de relatórios, gráficos e artigos que o Pedro Sales desencanta para fundamentar o que escreve.

Desidério Murcho. É o filósofo de serviço. Escreve há bastante tempo no De Rerum Natura, criou este ano, juntamente com outros filósofos, o Crítica Blog, o blogue da revista online Crítica na Rede, e é cronista do Público. A sua argumentação irrepreensível, a qualidade da escrita, o bom humor e a sua visão arrojada da realidade fazem dele, para mim, um dos melhores bloggers nacionais, apesar de se encontrar no Brasil.

Tomás Vasques. Assina o Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos, um dos meus blogues favoritos. Só tem um pequeno defeito: o de não permitir comentários, coisa que acho imprescindível quando se publica uma opinião. Novamente é a qualidade dos escritos e a capacidade argumentativa que me fazem escrever aqui o seu nome. Para além disso, o estaminé é francamente bonito.

Álvaro Santos Pereira. Economista radicado no Canadá, autor do Diário de um Deus Criacionista e do Mitos da Economia Portuguesa. Assina o Desmitos, onde no meio de análises económicas bastante acertadas, sempre bastante fundamentadas com todo o tipo de informação estatística coloca uns pozinhos de um tímido comentário político.

Desse-se o caso de eu ter um desses blogues com centenas de milhar de visitas no contador e faria eu mesmo uma sondagem. Como não é o caso, acho desnecessário colocar o formulário na barra da direita e, por isso, trato de propor a quem tem as centenas de milhar de visitas e a quem já tem o formulário feito, o que já não é nada mau.

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar