A máfia da blogosfera
24
Ago 08
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 13:53link do post
Já escrevi aqui n' O Afilhado que sou a favor do divórcio por decisão unilateral, apesar de partilhar de algumas preocupações que tem o Presidente da República. Mas eu sou a favor deste divórcio simplesmente porque "quando um não quer, dois não dançam", ou seja, porque não faz sentido que se mantenha um casamento quando uma das pessoas não quer, mesmo que a outra queira. A Ana Matos Pires, por seu turno, tem uma visão um pouco diferente da validez da lei:
«31 mulheres mortas em 2008, mais oito vítimas de violência doméstica até Agosto deste ano do que ao longo de todo o ano passado - as casadas morreram com a certeza que tinham salvaguardado “o seu «poder negocial», designadamente a alegação da culpa do outro cônjuge ou a recusa no divórcio por mútuo consentimento”, que sorte…»
Para a Ana Matos Pires o divórcio por decisão unilateral é justificado pelo facto de haver violência doméstica e mulheres mortas pelos maridos. À partida o argumento parece válido, mas desmonta-se apenas com esta pergunta: "se houver divórcio unilateral, vai haver menos mulheres a sofrer de violência doméstica?". Penso que é óbvio para qualquer pessoa que não. Neste momento existe a possibilidade de divórcio e, apesar disso, estas mulheres não se divorciam. Porquê? Porque caso o façam, sofrem represálias. Esta realidade não vai mudar caso elas possam divociar-se mais facilmente.
É por isto que considero o que a Ana Matos Pires escreveu um exemplo da mais pura manipulação, tão característica de algumas facções em alguns debates. Faz lembrar a história do aborto, em que o aborto legalizado era justificado pelo facto de haver muito aborto clandestino e não pelo facto de ser certo ou errado. É por isto, Ana Matos Pires, que considero o que escreveu um nojo, tal como escrevi no comentário que lhe deixei, espero que perceba agora a minha reacção.

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar