A máfia da blogosfera
11
Jul 09
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 11:16link do post | comentar

A Laurinda Alves até foi merecedora da minha simpatia nas Europeias. Gosto de quem tem iniciativas nobres e dar a cara por um novo partido é do mais nobre que há. Não lhe conheço as ideias, apenas as derivas espirituais, mas agora que escreve diariamente no i, penso que mais valia ficar-se pelo blogue.

A crónica de hoje é um pedaço de delírio do tamanho que um pedaço de delírio pode ter. Grande. Eu acredito que seja difícil escrever diariamente e ter assunto, mas não há necessidade de se prestar ao ridículo e gastar uma coluna de jornal a escrever sobre as pesquisas que faz no Google. E isto digo eu que assim que oiço Nostradamus na TV fico vidrado - é a minha faceta pseudo-científica. Aquelas linhas são um disparate que poderia ter sido escrito por uma criança a quem falaram do fim do mundo.


Não acho nada. Está certo que é um bocado fait divers, mas o tema tem o seu interesse, já que o fim do mundo é um medo recorrente na história da humanidade. Acho que ela, ao enumerar as multiplas previsões frustadas está apenas a lembrar como é inutil preocuparmo-nos com isso.

Já agora, é aflitivo a quantidade de gente que acha que vai assistir à segunda vinda de cristo, e ao armagedão.

Sobretudo num certo país que sabemos ter a capacidade de causar esse armagedão...

Para não falar como isso os faz desprezar qualquer preocupação ecológica, já que isto é mesmo para ir tudo com os cães....
l.rodrigues a 11 de Julho de 2009 às 19:12

Luís,

O tema é interessante. Tal como escrevi no texto, interesso-me muito por essas questões. Mas a forma como é abordado de forma quase infantil chega a ser confrangedora. E não é só desta vez. Aquele estilo é uma coisa horrível.

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar