A máfia da blogosfera
28
Mai 09
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 21:11link do post | comentar

quando vou em busca de reacções à revolução que por aqui semeio e encontro um "contributo" de um, suponho que jovem, Miguel Bento no blogue da JS sobre o meu texto acerca da proposta de distribuir preservativos nas escolas.

Bom, em primeiro lugar, é interessante a forma como o Miguel Bento reinventa a lógica: diz que os meus argumentos são falsos. Enfim, coisa pouco importante devida à pouca importância dada às aulitas de Filosofia. Adiante. Segundo o Miguel Bento eu esqueço vários pressupostos. Ele não diz quais são, mas confio na sua capacidade de julgamento. Remata, com um miminho do discurso político, vê-se que ali há talento: pathos, pathos, pathos. Diz o Miguel Bento que no nosso país, e aqui já ficamos à espera do soundbyte, as pessoas não sabem nada das doenças e nem todos têm dinheiro para preservativos XPTO. Bom, quanto à primeira questão, eu tenho sérias dúvidas se haverá algum jovem, da JS ou não, que não saiba que fazer o amor sem a camisinha dá sarilho, e se houver é mal da Educação que tão bem tem sido gerida, quanto à segunda, é o Miguel Bento que se esquece de uns pormenores: é que já há alternativa: o moleque vai ao Centro de Saúde e recolhe uma mão cheia de pacotinhos para não ter de voltar tão cedo. Prossigam, prossigam, com o paleio um bocadinho mais apurado ainda acabam a seguir os passos do Grande Líder!


"...e se houver é mal da Educação que tão bem tem sido gerida..."

Julgo que nesta frase contradizes a tua posição sobre a educação sexual. Então não é responsabilidade dos pais?

"que não saiba que fazer o amor sem a camisinha dá sarilho"

Há quem julgue que se fizer sexo de pé não engravide, portanto presumo que exista alguém que não saiba...

"o moleque vai ao Centro de Saúde e recolhe uma mão cheia de pacotinhos para não ter de voltar tão cedo"

Ou seja salta a vedação da escola, pois não pode sair normalmente, ou então pergunta aos pais, como não quer a coisa, para eles passarem no centro de saude que ele tem de ir lá buscar preservativos, correcto?
Stran a 29 de Maio de 2009 às 12:00

Os programas actuais falam de doenças sexualmente transmissíveis em Ciências. Isso já nem é Educação Sexual, isso coloca-se a par de coisas como a diabetes, a sida, doenças também elas estudadas em ciências.

No comentário final defendes, então, que se deve dar preservativos na escola porque assim os filhos não têm de dar contas aos pais? Então, para não pedirem aos pais, vão pedir ao técnico da escola? :S

"Isso já nem é Educação Sexual..."

Se calhar a Educação Sexual não é assim tão polémica como a pintam, sei lá...

"No comentário final defendes, então, que se deve dar preservativos na escola porque assim os filhos não têm de dar contas aos pais?"

Sabes muito bem que defendo que os filhos tenham um acesso efectivo e não apenas teorico. E não tem nada a ver com prestar ou não contas aos pais, como imagino que consigas dedudir das minhas palavras...
Stran a 29 de Maio de 2009 às 13:51

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar