A máfia da blogosfera
13
Jun 08
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 11:34link do post | comentar
Tem sido muito discutido o QREN 2007-2013 nos últimos tempos. Ao que parece, conseguimos sacar mais uns trocados à U.E. com a desculpa de ser uma "última oportunidade" para nos desenvolvermos. A questão que se coloca agora é no que se hão de aplicar esses fundos.

Há muito tempo que considero que a nossa economia é como um castelo de cartas. Tentamos competir com os outros nos sectores mais avançados, mas as bases da economia são de puro papel. Podemos vender software para a NASA mas nem caminhos-de-ferro dignos desse nome temos. Nestes cinco anos de injecções de dinheiro que nos restam, é preciso pensar muito bem onde aplicar o dinheiro que nos chega.
Será que as obras públicas de grande evergadura como Alcochete ou o TGV são a solução? Talvez. Mas não constituem tal solução sozinhas. Há que ver muito bem se há dinheiro para apostar nessas provas de grandeza e, ao mesmo tempo, desenvolver tantos sectores tão importantes como a marinha mercante (da qual já falei), o transporte ferroviário de mercadorias, a pesca (para que possamos para além de encher o mercado nacional, exportar) e uma indústria transformadora que prima pela qualidade em vez da quantidade. É do conhecimento geral que o nosso modelo económico baseado em mão-de-obra intensiva está esgotado, pelo menos para nós, pois em mão-de-obra não competimos certamente com os asiáticos. Há apenas uma forma de competir: qualidade! Os têxteis e o calçado não morreram! Muito pelo contrário, ouvi recentemente a Fátima Lopes (a mais rica das duas) dizer que a marca Portugal é cada vez mais reconhecida. Porque não criar produtos de qualidade para competir no mercado internacional do luxo, esse belo mercado que tanto valor acrescentado tem para nos dar! É fulcral investir em alicerces sólidos para que, quando vier uma ventania, o castelo de cartas não se destrua.

Ainda temos mais um bocadinho de um mandato e depois um mandato inteiro para aplicar tão largas quantias de capital, por isso, PS ou PSD tratem de pensar no assunto.

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar