A máfia da blogosfera
19
Out 08
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 22:36link do post | comentar
Francisco Almeida Leite no Corta-fitas

«É um assunto que tenho acompanhado com preocupação e espanto. Uma nau portuguesa naufragada ao largo da Namíbia por volta de 1525 foi recentemente encontrada por mergulhadores, contendo um achado precioso, já avaliado em 70 milhões de euros. Só que, para nossa desgraça, aquele país africano não é signatário da convenção da UNESCO sobre achados arqueológicos. Chocados? Eu também. Uma nau que tem uma carga com moedas de ouro e prata, espadas, canhões, astrolábios, compassos, toneladas de cobre e de estanho e centenas de barras de ouro vai ficar nas mãos da Namíbia! E, segundo li no Expresso desta semana, que traz mais um importante desenvolvimento sobre a matéria, o Governo português não pretende sequer recorrer à Convenção Internacional dos Direitos dos Mares, porque isso "seria entrar numa guerra sem retorno". (...)»

Vi uma reportagem televisiva sobre isto ainda esta manhã e partilho a indignação do Francisco. É inaceitável que património histórico português fique retido na Namíbia. Seria o mínimo que o Ministério dos Negócios Estrangeiros fizesse umas nogociações (é para isso que serve...) para, pelo menos, se chegar a algum acordo. Mas pelos vistos, por cá, nem do que é nosso gostamos. Não me admira que apareçam cada vez mais e mais grupos nacionalistas neste nosso Portugal à beira-mar plantado.

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar