A máfia da blogosfera
12
Jun 08
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 14:29link do post | comentar
Pois é, lá estou eu a falar novamente de Economia. Hoje, numa conversa sobre o bloqueio dos camionistas espanhóis, chegámos à conclusão que somos extremamente frágeis! Basta um bloqueiozinho espanhol e vamos à vida. A única coisa que nos poderia salvar era uma forte marinha mercante, mas nem isso temos...
Se analisarmos bem vários períodos da história, vemos que uma forte marinha mercante contribui imenso para o crescimento das nações. Ora vejamos alguns exemplos: a Inglaterra - um dos grandes motivos da sua hegemonia foi a posse de uma marinha imbatível que dominava os mares do mundo durante séculos, a Holanda - começou a ter algum desenvolvimento quando se lançou ao mar, tendo o maior porto do mundo (Roterdão), a China - foi uma potência inigualável que se lançou ao mar antes de qualquer outra nação do mundo, quando abandonou o mar, teve perdas colossais; já para não falar dos países ibéricos que tiveram o seu apogeu no tempo em que estavam lançados para o mar.
Este problema dos camionistas veio-nos revelar muita coisa. Imaginemos, por um instante, que este bloqueio se mantinha um mês. Um simples mês. Lojas sem alimentos, bombas de gasolina sem combustível, inexistência de comércio com Espanha e com o resto da Europa (dado que a esmagadora maioria é feita por via rodoviária). A única solução iria residir na utilização do transporte marítimo, com o qual poderíamos chegar a qualquer parte. Olhemos novamente para Inglaterra, se há coisa que aquele país não faz com os outros são trocas comerciais por via rodoviária... Temos mais a aprender com os nossos maiores aliados do que aquilo que imaginamos...

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar