A máfia da blogosfera
11
Out 08
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 16:58link do post | comentar
Estou farto, farto de andar por blogs e mais blogs a escrever as mesmas coisas nas caixas de comentários, por isso, escrevo aqui e espero que os envolvidos visitem regularmente o Technorati.
Caros membros do 31 da Armada, do Cachimbo de Magritte, do Blasfémias e de todos os blogues que se auto-intitulam de "direita conservadora", desafio-vos a escrever um post com um, um único argumento válido que demonstre que é eticamente condenável duas pessoas do mesmo sexo assinarem um contrato em que se comprometam a amar-se mutuamente. Quem tiver coragem, que aceite o desafio.

Eu que não sou de esquerda acho uma perfeita aberração não se admitir o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo. Não suporto a hipocrisia de se condescender com situações de facto e não se assumir o reconhecimento das mesmas de iure.

Mas num país de gente beata que outra coisa se poderia esperar !!!
Maria Manuela a 11 de Outubro de 2008 às 18:20

Eu não sei se os same sexers se devem casar ou não, isso pelo menos na minha opinião, não é o mais importante. O importante é que eles tenham os mesmos direitos que tem um casal heterosexual. Imaginemos a seguinte situação: Um casal homosexual, que vivem juntos, que tem casa, carro, e mais alguns bens. O problema é que os bens estão em nome de apenas um. Imaginemos que este morre e que a familia, a quem nunca agradou a opção dele, vem reclamar a casa e o carro e tudo o mais. Imaginemos como é que fica o namorado da pessoa que morreu. Sem nada, sem proteção legal. Este é o problema.
Daniela Major a 11 de Outubro de 2008 às 19:58

Caros membros do 31 da Armada, do Cachimbo de Magritte, do Blasfémias e de todos os blogues que se auto-intitulam de "direita conservadora"

-Essa frase é a pérola da semana, caro Tiago, meter no mesmo rótulo os autores do 31 e do Blasfémias é provocação ou distração? Direita liberal fica apenas "O Insurgente"? A minha posição sobre a sua pergunta está numa resposta ao seu comentário no 31.
António de Almeida a 12 de Outubro de 2008 às 21:08

O seu comentário prova que deveria ler melhor as frases antes de as comentar, caro António de Almeida. Eu não pus nada no mesmo saco. Se ler bem (não me apetecia ter de explicar isto, mas se é necessário...) eu escrevo o nome de três blogues a quem me dirijo directamente e, a seguir, a todos os que são de direita conservadora. Se eu estivesse a dizer que o Blasfémias são direita conservadora (tal como o Cachimbo e o 31), então escreveria: "e todos os outros blogues...". De qualquer modo, muito obrigado por ter achado a minha frase a pérola da semana.

Quanto ao seu posicionamento explicito no comentário feito no post do 31. O senhor simplesmente faz o que tantos fazem: esconde-se atrás da maioria. Pois eu tenho uma novidade para si: a maioria também pode estar errada! Se calhar não gostou da parte do amor, triste vida a de quem casa sem ser por amor, espero que não seja o caso. Se faz muita questão eu mudo para "oficialização da relação", como quiser. O que o senhor propõe é que os homossexuais assinem um contrato aparte apenas por serem homossexuais, o que é absurdo. Porque é que nós podemos ter um contrato todo bonitinho e com nome centenário e os homossexuais não? Se calhar eles até têm direito a fazê-lo, a nós é que não nos dá muito jeito... não queremos que pensem coisas quando dizemos "sou casado", não queremos que pensem: "mas será com um gajo ou cuma gaja" e por isso não deixamos que os gays se casem, para não haver cá misturas. Olhe, o senhor António e a sua maioria podem continuar a tirar direitos a cidadãos com tanto valor como nós, eu vou continuar a escrever pérolas da semana sobre o assunto, porque se há coisa que me enoja é viver num país que é democrático e igualitário às vezes...

Boa noite e obrigado pela visita,

TMR
Tiago Moreira Ramalho a 12 de Outubro de 2008 às 21:20

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar