A máfia da blogosfera
19
Set 08
publicado por Tiago Moreira Ramalho, às 23:08link do post | comentar
A crise dos mercados financeiros que estamos neste momento a ultrapassar é motivo mais que suficiente para preocupar gente da esquerda à direita: existem empresas infalíveis a falir, existem dezenas ou até mesmo centenas de milhar de pessoas no desemprego, existe um completo clima de medo de voltarmos a ter uma quinta-feira negra. Mas existe muito mais que isso.
Por toda a blogosfera, televisão, rádio ou jornais vemos e ouvimos pessoas que de Economia nada sabem (a não ser as contas lá de casa, que por si só já é qualquer coisa, mas não chega) proferir sentenças de morte ao capitalismo e à sociedade tal como a conhecemos. Nos últimos dias fiquei a saber que o ser humano é ganancioso e que esta crise é resultado disso, fiquei a saber que o capitalismo morreu, fiquei a saber que o modelo social actual vai sofrer uma mudança radical, enfim, fiquei a saber que tudo aquilo que conheço passará a ser diferente, eu diria mesmo, desconhecido. Pois, mas é mentira. Tudo isso é mentira. O capitalismo não morreu, teve apenas uma gripe, acontece por causa dos ar-condicionados e das mudanças de estação.
Em traços muito gerais, e para aqueles que dizem que a intervenção do governo americano é a prova de que o marxismo voltou e que só o estado consegue tratar de tudo como deve ser, o que aconteceu foi que o mercado foi infectado pelo vírus do subprime (crédito de alto risco). Este vírus fez-se sentir porque a banca norte-americana começou a conceder créditos a pessoas e empresas que depois não pagaram, como tal, as casas foram penhoradas. Como foram concedidos imensos créditos e imensos créditos ficaram por pagar, acumularam-se casas vazias prontas para um comprador que não existia. A oferta superou a procura e o preço baixou. Como o preço baixou, a venda das casas por parte dos bancos não conseguiu saldar as dívidas, ou seja, houve imensos prejuízos. Com os prejuízos iniciais vieram as falências e os despedimentos actuais. A crise tornou-se maior do que o que era esperado e havia simplesmente duas opções: esperar que uns dias de cama e uns chazinhos tratassem da gripe ou então, a custo, ir ao médico pedir um medicamento. Optou-se pela segunda e o governo federal americano começou a comprar empresas em dificuldades (como a Fannie, o Freddie ou a AIG) e começou a destruir o vírus, de modo a que o mercado ficasse saudável novamente. Neste momento as bolsas já estão em alta outra vez, aliás, o PSI-20 teve a maior subida diária de sempre, o que é um belo indício que as coisas poderão melhorar brevemente. Desculpem desiludir-vos, mas vai tudo ficar como está.

arquivo do blogue
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar